Corrida e cinema: 5 filmes para corredores e corredoras não saírem de casa

Comando News – Com a restrição imposta de circulação de pessoas por conta do Coronavírus, o fundamental ficar é em casa. Por isso, é importante dedicar um tempo para a atividade física( dentro do possível) e para a mente durante a quarentena. Você que, por exemplo, está iniciando a sua preparação para uma prova-alvo no segundo semestre precisa manter o foco na medida do possível. Aqui no Paraná, muitos corredores e corredores têm na planilha a Maratona de Curitiba Cosan, já com inscrições abertas, como meta principal. Portanto, é uma oportunidade para conhecer histórias de corredores, de superação e emoção que o cinema sempre nos trouxe ao longo dos anos. Confira 5 filmes para você (corredor e corredora) não sair de casa.

O Atleta

O etíope Abebe Bikila foi o primeiro africano a vencer uma maratona olímpica e o primeiro homem a conquistar o bicampeonato na prova. Em 1960, em Roma, venceu descalço, pois não se sentia confortável com os tênis da patrocinadora dos jogos Em 1964, já com tênis, conquistou o ouro em Tóquio com mais de 4 minutos de vantagem para o segundo colocado.

https://www.youtube.com/watch?v=mKUvR1aRHF4&feature=youtu.be

Em Busca de um Milagre

“Em Busca de um Milagre”, Ralph Walker enfrenta um drama pessoal e tem na corrida um alento, uma forma de superar as dificuldades impostas pela vida. Ralph é um jovem de 14 anos cuja mãe passa por uma doença grave e desconhecida, permanecendo na cama sob cuidados médicos.

Carruagens de Fogo

O filme conta a história de Eric Liddell e Harold Abrahams, atletas que têm o objetivo de disputar as Olimpíadas de 1924 pela equipe britânica. Liddell é um missionário católico escocês bastante devoto, enquanto Abrahams é filho de uma família judia.
Vencedor do Oscar de melhor filme em 1982, Carruagens de Fogo é mais lembrado pela cena de corrida na praia ao som de Vangelis, um marca que faz lembrar de jogos olímpicos no primeiro acorde.
https://www.youtube.com/watch?v=odtqtlhsv4E&feature=youtu.be
O Lado Bom da Vida
O filme que deu a Jennifer Lawrence seu primeiro Oscar trata de um tema pesado como a depressão. Lawrence faz par romântico com Bradley Cooper, que também tem uma atuação profunda e convincente, que lhe rendeu uma indicação de melhor ator. Pat é um jovem que tenta se recuperar de uma separação traumática e volta a morar com os pais após a reabilitação. Pat se esforça para controlar sua depressão e surtos bipolares — e acha a corrida como um dos caminhos.Pet conhece Tifanny (Lawrence) uma jovem também em dificuldade emocional.

Raça

É a cinebiografia de Jesse Owens, atleta que se destacou em provas de velocidade na década de 1930. O filme desenvolve de forma ampla a vida do velocista, buscando mostrar não apenas suas conquistas nas pistas, como também suas relações e problemas pessoais. O filme ainda aborda a questão racial envolvida no contexto em que a história se passa. Nas Olimpíadas de 1936, em que Owens conquistou suas quatro medalhas de ouro (100 e 200 metros rasos, salto em distância e revezamento 4×100 metros) na Alemanha nazista de Adolf Hitler.